DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE PARA AS FESTAS DE FIM DE ANO

Por Marina Scatolin

Apesar de o consumo exagerado de objetos ser um grande vilão para o planeta, esse fato também nos apresenta uma grande oportunidade para começarmos a mudar as estatísticas. As festas de fim de ano são o momento perfeito para mudar, porque cada Euro que você gasta, conta!

Você tem um poder imenso para fazer a diferença, e a maneira mais simples de gerar um grande impacto positivo é comprar artigos de segunda mão. Por isso, hoje descrevo minha longa experiência positiva com a compra de artigos usados e como garantir sucesso em sua compra.

Compre artigos na sua vizinhança

Aplicativos como o Marktplaats e o Peerby são excelentes ferramentas de busca, para todos os tipos de produto, de artigos de decoração para deixar sua casa com clima Natalino até cadeiras dobráveis para receber seus convidados. No Marktplaats, você busca produtos para comprar; no Peerby, você pode pedir emprestado, alugar ou comprar. Quando você escreve o que busca, os aplicativos te mostram as opções disponíveis, e a distância que esses artigos estão da sua casa. Quanto mais perto, melhor. Eu considero 15 quilômetros a distância máxima para você não gastar muito tempo e energia com transporte. Se o item for algo pequeno como enfeites de Natal, que cabem numa sacola, procure um vendedor bem perto da sua casa, para você poder ir à pé ou de bicicleta.

Muitas vizinhanças organizam, geralmente no outono e na primavera, mercados de artigos usados e feiras de roupas de crianças. Procure na internet ou no wijk/buurtcentrum do seu bairro, e vá conhecer. A quantidade e a qualidade dos produtos variam muito de lugar para lugar. Mas como o bairro vizinho nunca é muito longe, procure também em outros bairros.  

Busque qualidade acima de tudo

Se você precisar de algo mais caro, como uma bicicleta, dê preferência a itens de marcas conhecidas e com alta qualidade. Percebo que muita gente reluta em comprar produtos de segunda mão porque pensa que, se o produto quebrar, não haverá garantia. E como nós brasileiros não somos tão experientes com bicicletas como os holandeses, realmente fica difícil fazer consertos. Procurar algo de qualidade diminui muito as chances de você acabar com um problema nas mãos. O mesmo se aplica a roupas e sapatos. Eu, pessoalmente, dou preferência a produtos de algodão orgânico, no primeiro caso, e de couro ou de um material reciclado, no segundo. (Mas não é ruim consumir couro? Eu, pessoalmente, prefiro artigos que sejam naturais para evitar o plástico presente nas fibras sintéticas, que acabam no oceano depois de passarem pelas nossas máquinas de lavar. Mas isso é assunto para outro post).

Se planeje!

Pode demorar um pouco para você encontrar o que precisa, então, comece a procurar com bastante antecedência. Para encontrar aquele vestido maravilhoso que você quer para a véspera de Ano Novo, comece já a procurar. Meu aplicativo favorito para roupas mais finas é o Vinted.

E falando em planejamento, você comemora o Sinterklaas? Se sim, busque correndo no site do Recycle Sint um mercado de troca de brinquedos perto de você. Afinal, o Sint chega na Holanda ainda este mês, e se você pretende presentear crianças tanto no 5 de dezembro como no 25, o Recyle Sint também garante economia financeira.

A organização, que promove mercados de troca de brinquedos usados em todo o país, e cresce a cada ano. Para participar, você leva um brinquedo usado que será avaliado e, de acordo com tipo e estado, receberá um selo correspondente a uma determinada categoria. Você então poderá escolher outro da mesma categoria sem pagar nada. As datas dos próximos mercados nas cidades principais são:

Amsterdam Oost – 19/11

Amsterdam Noord – 20/11

Eindhoven – 21/11

Rotterdam – 26/11

Utrecht – 24/11   

Comprar usados não quer dizer, de maneira nenhuma, passar a consumir coisas velhas e feias. Em 12 anos, nunca comprei nada velho e, felizmente, nada quebrado ou que estivesse em condição diferente da descrita no anúncio. Muitas pessoas enjoam de artigos, e muita gente compra e não usa. Então, encontrar algo em estado excelente é muito mais fácil do que parece. Me conte suas experiências nos comentários!

Marina Scatolin é especialista em comportamento ecológico, e baseada em suas experiências nos Estados Unidos e na Holanda, ajuda indivíduos e famílias a encontrar um estilo de vida mais ecológico que se encaixe na realidade deles.

Veja artigo relacionado:  

http://redequerobrasil.com/a-holanda-no-cenario-das-mudancas-climaticas/

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicionar um comentário