O CONSUMISMO, OS JOVENS E AS DÍVIDAS

Por Alexia Waagmeester

A nossa sociedade está cada vez mais complicada. São tantas as constantes mudanças e informações ao mesmo tempo, que as vezes não conseguimos acompanhar. A economia gira em torno do consumo e falar sobre dinheiro continua sendo tabu. Isso tem a ver com o papel que ele exerce na nossa vida.O consumidor é constantemente estimulado com inteligentes técnicas de venda. Com a economia girando em torno do consumo nem sempre é muito fácil, precisamos ganhar e saber administrar o nosso dinheiro de forma consciente, mesmo com tantas armadilhas ao nosso redor, tentando assim fazer boas escolhas.

Empréstimos tornaram-se normais e são estimulados como se fossem a coisa mais natural do mundo, dando a impressão que é apenas pegar emprestado e não precisa devolver. Sugerem que você não espere para aproveitar a vida. Faça logo um empréstimo e obtenha tudo que você sempre desejou. As pessoas tendem a acoplar os produtos que elas consomem às suas identidades.

Havia falado sobre dívidas em outra coluna há algum tempo. Dessa vez é diferente. O problema é tão complexo e tem tantas ramificações, que decidi escrever sobre os jovens entre 18 e 24 anos.

Pois bem! Se tem uma coisa que assisto com muito prazer são documentários e nessa parte a televisão holandesa produz com excelente qualidade.

Um deles era sobre o avanço do número de jovens holandeses endividados, o que se tornou nos últimos anos um problema sério que está sendo muito discutido. O alerta vai também para todos os brasileiros que moram na Holanda, e que tem filhos ou para todos que convivem com pessoas nessa faixa etária.   

O Problema:

“Grupos x indivíduo”

O indivíduo está ganhando cada vez mais espaço, ele busca autonomia e reconhecimento. Mas também continua fazendo parte de grupos, como a família, clube, trabalho, amigos, região, etc. Tantos grupos diferentes exigem adaptação e balanço. Se colocar em primeiro lugar e adequar tudo isso requer muito do indivíduo, nesse caso, pessoas muito jovens e pode gerar assim um stress. Cada grupo tem suas normas e maneira de pensar, e se o indivíduo quiser fazer parte de um, tem que se adequar. O bom exemplo disso são as roupas, sapatos e telefones.

Se não usar o que todos usam, ele(a) não fará parte, e para comprovar que se enquadra às “normas exigidas”, arrisca a própria pele nessa tentativa.

As consequências podem ser enormes para o futuro desse jovem.

Possíveis soluções

A prevenção ainda é a melhor solução.

Mantenha o diálogo sempre aberto com esse jovem. Geralmente nessa idade aqui na Holanda os jovens já não moram mais com os pais. E não querem falar sobre as dívidas, pois não querem mostrar que estão com problemas.

Apesar disso, nos últimos anos o número de jovens estudantes com problemas financeiros  que se cadastraram no programa schuldhelpverlening, (em uma livre tradução: assistência para endividados) tem aumentado de forma considerada. Em que consiste: a prefeitura de cada cidade é obrigada a oferecer ajuda gratuita as pessoas que possuem dívidas e não conseguem resolver sozinhos. O programa é bem amplo e cada caso possui o seu próprio trajeto.

Dentre outras formas de ajuda, eles possuem assistência direta aos endividados, assistentes sociais, associação de bairro, apoio jurídico, etc. O problema será analisado de forma individual e após será montado um trajeto a ser seguido para o pagamento das dívidas. Os schuldhulpverlener (profissionais assistentes para endividados) são também os facilitadores no contato entre credores e devedor.

O que você pode fazer?

Quando você perceber o problema, fale sobre ele.

Informe-se.

Ofereça ajuda.

Mostre as possíveis soluções.

Quanto antes o problema for detectado, mais chance terá para uma solução mais rápida.

*Vale ressaltar: as informações nesse blog sobre shuldhulpverlening são gerais. Cada pessoa que solicitar os serviços será tratada de forma individual e tendo o seu próprio trajeto. Portanto se informe sobre o seu problema específico.

Alexia é pós-graduada em História do Brasil e baseada na sua experiência e vivência na Holanda quer desmitificar um assunto tão polêmico que é o dinheiro. http://redequerobrasil.com/listings/palestras-sobre-financas-pessoais/

Leia outros blogs relacionados:

http://redequerobrasil.com/pessoas-endividadas-fazem-escolhas-ruins-3/

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicionar um comentário