PROMOÇÃO; DESCONTOS; PAGUE UM E LEVE DOIS. SERÁ QUE ESTAMOS COMPRANDO CERTO?

por Alexia Waagmeester

Ao caminhar essa semana pelas ruas de Amsterdam, por onde eu passava era confrontada com o vermelho, a cor das promoções  que estão presentes em todas as vitrines.

Época de promoções na Holanda

 Sim, estamos nos meses das promoções e não vemos outras coisas senão os enormes cartazes, que nos convidam a entrar nos estabelecimentos e aproveitar ao máximo o que eles têm para nos oferecer.

Para ser bem sincera, tenho visto muitas lojas fazendo promoções quase o ano todo e então fico a perguntar-me:  até que ponto é promoção mesmo ou apenas mais uma maneira para atrair os clientes desavisados?

Todos sabemos o poder que as propagandas exercem sobre nós e como nos influenciam na decisão de gastar o nosso dinheiro. Quando se vê placas com as frases: últimos dias, últimas peças,  imperdível, tudo com até 70% de desconto, fica difícil resistir. Se soubermos que está no final de estoque, aumenta mais o desejo, se tornando uma necessidade quase que incontrolável de possuir o objeto ou a roupa em questão.

Era sábado a tarde, as lojas estavam lotadas, clientes impacientes que disputavam as “últimas peças”, longas filas nos provadores e caixas. Esse cenário é perfeito para fazer com que o nosso cérebro acredite que onde se vê muitas pessoas comprando, significa que é bom, e se é bom, você tem que comprar também.  O que te leva a ter um comportamento de manada. Tudo parece ser tão bom, que não nos damos ao trabalho de parar e pensar, fazemos o que os outros fazem. Nós precisamos ficar bem atentos a isso.

dinheiro

Você compra por impulso?

O simples fato de comprar já nos dá uma sensação de bem-estar e se tem um desconto, então não podemos deixar passar.  Todos esses ingredientes juntos formam uma  combinação perfeita para a compra por impulso o que pode ser um verdadeiro desastre para as suas finanças.

Então quando vejo todos esses cartazes, fico a pensar:  esse desconto é bom, mas se eu não comprar será ainda melhor.

Vamos pensar juntos…

Quem é o dono da sua carteira? Não se sinta obrigado a atender aos apelos das propagandas. Quando for aproveitar as promoções, leve sempre uma  lista com os itens que realmente precisa, como se fosse fazer o supermercado, assim evita voltar para casa com um monte de sacolas, cheias de produtos que talvez use apenas uma vez.

Eu realmente gosto de uma promoção e compro. Porém, apenas aquilo que preciso.

Prazer x dinheiro

Claro que não é fácil resistir a essa tentação, tudo é muito atraente, mas não comprei, pois, sabia que outras coisas me trariam mais prazer que uma nova camiseta.

Outras coisas como, por exemplo, uma taça de vinho e uma boa conversa com uma amiga querida.

Sabemos o quanto é importante usar o dinheiro de forma consciente; economizar, planejar e investir.

Por isso você deve se perguntar o que é importante para você, o que te faz realmente feliz e faça  escolhas. O dinheiro que deixou de gastar com compras desnecessárias, invista em coisas que serão sempre lembradas. Como, por exemplo, uma experiência gastronômica, uma visita a uma exposição, a compra de um livro que será importante na sua profissão ou crescimento pessoal, um festival, um passeio com os filhos ou um final de semana em outro país. Nós brasileiros aqui na Holanda temos muitas oportunidades de fazer coisas interessantes. Aproveite.

Já dei várias dicas de como aproveitar a vida e continuar tendo uma situação financeira saudável.

Portanto, como eu sempre falo aqui no blog, tudo é uma questão de equílibrio. A escolha é sua.

                                                                                                                                                                                                Alexia é pós-graduada em História do Brasil e baseada na sua experiência e vivência na Holanda quer desmitificar um assunto tão polêmico que é o dinheiro.

Leia outros artigos relacionados:

http://redequerobrasil.com/arquivos/2303

Comentários

  • Alline
    10/09/2019 at 12:21

    Muito bem observado, onde se vê muitas pessoas comprando, parece que é bom. Sinto o mesmo. Obrigada pelas explicações!

  • Elaine
    05/09/2019 at 11:50

    Adoro seus artigos!
    Sempre super práticos e úteis!
    Parabéns!

  • Alexia
    26/08/2019 at 08:43

    Olá Agatha,

    Fico muito feliz em saber que você não faz compras por impulso.

    Com relação as outlet’s, elas chegaram para ficar e atraem um público bem interessante.

    Como o assunto é extenso, vou escrever um blog, assim posso esclarecer as suas dúvidas e a de outros leitores. Combinado?

    Um grande abraço,
    Alexia

  • Agatha Kuiper
    21/08/2019 at 10:50

    Ótimas reflexões seu texto nos leva… Fico até mais feliz pois consigo analisar que não compro por impulso. Você vai abordar também as questões das OUTLET’s? Vale à pena? Qual a estratégia envolvida?… Tenho curiosidade à respeito, principalmente na Holanda. Se puder, me dê sua opinião, por favor. Abraços!

  • Cecilia Dantas
    20/08/2019 at 11:43

    Verdade, sempre me perguntei como é possível ter tanto desconto na Holanda! Na minha humilde ingenuidade, achei que era porque os comerciantes são mais bonzinhos e menos capitalistas que no Brasil. Será? 😀

    • Alexia
      26/08/2019 at 08:22

      Olá Cecília,

      tantos descontos nos fazem acreditar que é para o nosso bem, somos quase gratos por tantas promoções.
      Porém, tudo é muito bem estudado, e tem como o objetivo levar o consumidor a comprar produtos que na maioria das vezes ele não necessita. Agora que você já sabe, não saia de casa sem uma lista.

      Um grande abraço,

      Alexia

chat
Adicionar um comentário