DICAS DE ESTILO ECOLÓGICO NAS FÉRIAS: PARTE 1

Por Marina Scatolin

 

Estar bem durantes as férias é muito importante, pra você e para o meio ambiente. “Mas estou de férias! O que posso fazer pelo meio ambiente?” você pode estar pensando. E a resposta é: MUITO! Porque você pode, sim, fazer muitas coisas que vão trazer praticidade a você e sua família, e vão ajudar a diminuir sua pegada ecológica. Se você acompanha as notícias, sabe que a crescente emissão de gás carbônico durante a produção de bens de consumo está causando o aquecimento da Terra, e todos temos a missão de nos empenhar para que as temperaturas não subam ainda mais. Então confira as dicas abaixo!

 

Dica 1: Use garrafas reutilizáveis

 

Esta simples dica faz muita diferença porque ajuda a diminuir o consumo de garrafas plásticas que são utilizadas uma só vez e descartadas. Se todos consumirmos menos, a produção dessas garrafas vai diminuir e, consequentemente, menos gases nocivos serão emitidos. Além disso, com menos garrafas, menos lixo será produzido, e estaremos contribuindo para manter o plástico longe dos oceanos.

 

E pra você, qual a vantagem? Tomar água sempre que quiser e precisar, sem pagar nada! Na Holanda e em muitos outros países europeus, é seguro tomar água direto da torneira. Então você pode encher sua garrafa quantas vezes precisar, seja em torneiras públicas em pontos turísticos ou em pias de banheiros de restaurantes e hotéis, por exemplo. Acredite, sua família, amigos, e o seu bolso, vão adorar a ideia. Todos ficarão mais dispostos e com mais energia para aproveitar as férias. Lembre-se que garrafas individuais são a melhor opção para minimizar a transmissão de eventuais vírus e bactérias, e precisam ser lavadas com água e sabão ao fim do dia. Se seu destino neste verão é o Brasil, certifique-se de que a água de torneira é potável, já que a qualidade da água varia muito de lugar para lugar. O mesmo se aplica a qualquer país cujo tratamento de água você não conheça.

 

Quanto ao material das garrafas reutilizáveis, quanto mais durável, melhor. Garrafas de alumínio, por exemplo, são duráveis e muitas vezes, térmicas. Mas se você tiver uma garrafa que ganhou como item promocional, por exemplo, use-a ao invés de comprar outra. Afinal, queremos reduzir a emissão de gás carbônico através da redução de consumo de materiais em geral. Então, sempre dê preferência ao que você já tem em casa antes de comprar algo novo, mesmo que o item novo seja de maior qualidade. Quando sua garrafa estiver desgastada, ou quebrar, descarte-a de acordo com o material que a compõe, para que ela possa ser reciclada se esse for o caso.

 

 

 

Dica 2: viaje de trem (ou de carro, deixando o avião para viagens para o Brasil)

Esta dica também tem a ver com a emissão de gás carbônico. De acordo com vários estudos recentes, as viagens aéreas estão no topo da lista de atividades que mais geram emissões. Por isso, viajar menos de avião é uma das maneiras mais eficientes de diminuir nossa pegada ecológica e contribuir para manter a temperatura da Terra onde está.

Nós brasileiros na Holanda, às vezes demoramos a nos dar conta de que aqui é prático e financeiramente viável viajar de trem ou de carro nas férias, mesmo que para outros países. As distâncias são bem mais curtas em relação ao Brasil, as rodovias estão em bom estado, as ferrovias estão por toda parte, e os trens são super confortáveis. Além disso, ao viajar de trem ou de carro evitamos toda a burocracia e tempo de antecedência requeridos no aeroporto, e não precisamos nos preocupar se nossas malas chegarão ao destino. E tem mais: em muitos casos, a passagem de trem é mais barata que a de avião, e no trem, crianças de até quatro anos não pagam.

Se você tiver a possibilidade de escolher entre trem e carro, vá de trem. Por quê? Porque o trem transporta mais pessoas por quilograma de carbono emitido. E também porque muitos trens utilizam energia renovável para funcionar, enquanto muitas pessoas utilizam carros a gasolina ou diesel, que emitem mais gás carbônico.

Espero que tenha gostado da informação. Deixe sua opinião e comentários abaixo, e fique ligado na continuação deste tema nos próximos posts!

 

Marina Scatolin é especialista em comportamento ecológico, e baseada em suas experiências nos Estados Unidos e na Holanda, ajuda indivíduos e famílias a encontrar um estilo de vida mais ecológico que se encaixe na realidade deles. http://redequerobrasil.com/listing/palestras-sobre-estilo-de-vida-ecologico/

Comentários

  • Matheus
    02/09/2019 at 16:35

    Eu fiquei muito assustado com a quantidade de plástico que existe nos produtos que consumimos (compramos) semanalmente nos mercados dos Países Baixos. Eu diria que descartamos em uma semana aqui nos Países Baixos a mesma quantidade de plástico que costumávamos descartar em um mês no Brasil.
    Claro que reciclamos! Eu diria que quase 95% dos plásticos que entram em casa. Fazia no Brasil e continuo fazendo nos Países Baixos. Pelo menos na minha casa, eu sou muito rígido quanto ao descarte e à separação de resíduos recicláveis. Porém, mesmo assim, é assustadora a quantidade gerada pelos fabricantes aqui nos Países Baixos quando comparada ao Brasil.

  • Flavia
    19/07/2019 at 06:38

    Ola Marina
    Que ótimo você falar dos transportes. Meu coração sempre parte quando a caminho do Brasil. De felicidade mas também de agonia pensamento no tanto de poluição que emitimos. Por isso, conscientemente, quase nunca usamos o avião durante o restante do ano, tentamos dessa maneira “ compensar”. Empacotado- nos os 5 no carro e vamos embora. Dois anos atrás 2000 km até a Finlândia. Foi a delicia!
    Agora é só esperar o avião solar né????

    • Marina
      19/07/2019 at 08:52

      Olá, Flavia. Uau, parabéns, isso é que é comprometimento! Sim, o avião solar está chegando 🙂 Obrigada pelo comentário!

  • Tricia
    17/07/2019 at 15:27

    Gostei das dicas. Pena que no Brasil ainda seja complicado confiar na água das torneiras, mas vale já sair de casa com um bom estoque filtrado.

    • Marina
      18/07/2019 at 10:08

      Que ótima ideia, Tricia! Usando garrafas térmicas, esse estoque pode durar o dia todo. Obrigada pelo seu comentário!

chat
Adicionar um comentário