COMO SUPERAR OS DESAFIOS DA ADAPTAÇÃO?

por Anelise Machado Schroeder

De maneira geral, muitos de nós que emigramos, não temos um plano muito claro do que desejamos para a nossa vida abroad. A falta desse plano pode parecer excitante no começo, quando decidimos deixar a vida nos levar e que seja o que Deus quiser. Contudo, quando entramos em um processo de adaptação, começamos a sentir o peso da falta de um objetivo definido.

Juntamente com a falta de objetivo, evidencia-se também, todas as dificuldades desse processo de mudança de vida. Você começa a sentir-se impotente perante os desafios que enfrenta: são tantas dificuldades e barreiras que às vezes sente que não é capaz de dar conta. No entanto, a verdade é que você é capaz sim e possui um potencial enorme de adaptação e superação de desafios. E tudo que você precisa para começar a sentir-se em evolução é iniciar um planejamento.

Se você veio em família para a Holanda, iniciem juntos a definição de objetivos familiares e individuais. É importante que todos tenham seus próprios objetivos, e também que o objetivo da família esteja claro. Vocês estão aqui por algum motivo maior.

Qual é esse objetivo? O que move a família? E o que move você?

A partir da definição dos objetivos, iniciem um levantamento sobre as barreiras, os limitadores que vocês já percebem pelo caminho. Criem estratégias para cada uma dessas barreiras externas.

Se vocês pretendem ficar na Holanda por pouco ou muito tempo, definir objetivos é essencial para o seu desenvolvimento. O seu comprometimento com algo maior é o que faz a diferença no seu nível de resiliência perante as situações aqui fora.

Esteja consciente que é natural da nossa mente julgar e se apegar as experiências negativas. Se você fizer um ponto azul em uma folha branca, a única coisa que você vai enxergar é o ponto azul. A folha branca foi toda a experiência positiva que você teve, contudo a única coisa que você vê é o ponto azul que se refere a sua experiência negativa.  Dito isso, esteja consciente dos seus pensamentos e aqueles que você escolhe se apegar.

O ambiente externo afeta sim no seu nível de satisfação, mas o que tem real impacto é o seu ambiente interno. Você não é capaz de controlar o que acontece no externo, mas você tem total controle sobre o seu ambiente interno. A forma com que você lida com as situações e a atitude que você tem, são escolhas suas! Se você não estiver em equilíbrio consigo mesmo, não importa o país em que estiver, sempre estará insatisfeito. O que precisa mudar não é a situação e sim a sua atitude em relação à tudo aquilo que acontece com você.

Temos a tendência de olhar para o passado e achar que tudo antes era muito mais fácil e maravilhoso em comparação ao agora. Se perder nesses pensamentos é muito perigoso, por isso sempre busque lembrar os motivos pelos quais você está aqui, e todas as coisas que você gosta na Holanda.

Todo o processo de adaptação exige foco, esforço e resiliência. Em alguns momento você vai se sentir cansado de caminhar e achar que não está saindo do lugar. Novamente, tente sempre buscar e reconhecer o quanto já evoluiu e se adaptou durante o seu processo. 

Aproveite também essa ferramenta que a Rede Quero Brasil proporciona para você e busque suporte de profissionais brasileiros na Holanda. Tenho certeza que para qualquer dificuldade você encontrará um profissional disposto a ajudar.

Ter paciência é muito importante durante esse processo, contudo paciência sem ação não leva a lugar algum. É importante que você tenha paciência ao mesmo tempo em que toma atitudes em prol daquilo que deseja para sua vida aqui na Holanda.

Anelise é Professional & Life Coach, certificada internacionalmente e especialista em mulheres expatriadas em processo de transição de vida.

Leia outros artigos relacionados:

http://redequerobrasil.com/somos-expatriados-ou-imigrantes/

Comentários

  • Ana Paula luz
    01/05/2019 at 21:19

    Parabéns pelas palavras, verdadeiras inspirações.

    • Anelise
      05/05/2019 at 19:01

      Oii Ana Paula. Obrigada pelo seu comentário. Feliz que você gostou.

chat
Adicionar um comentário