SOMOS SERES ONÍVOROS

por Elaine de Oliveira

A Holanda é um dos países da Europa onde mais cresce o número de pessoas interessadas em agricultura orgânica, vegetarianismo e veganismo.

E você, como brasileiro na Holanda, como vê esses movimentos?

Como nutricionista, muitas pessoas me perguntam a respeito de qual seria a melhor dieta para nós seres humanos, a vegetariana ou a carnívora. Sempre me interessei pelo assunto e depois de muito pesquisar, cheguei a algumas conclusões que irei dividir aqui com vocês, brasileiros que vivem na Holanda: somos onívoros.

Pensem comigo em termos de características: não temos os caninos desenvolvidos e o intestino curto dos carnívoros e nem a dentição característica ou o intestino excepcionalmente longo ou, muitas vezes, mais de um estômago, dos herbívoros, isso sem contar com as características de pH do estômago ou produção de enzimas de cada espécie, não vou entrar nesses detalhes, senão ficaria tudo muito técnico e entediante.

Não podemos deixar de considerar as características individuais, há realmente pessoas que não se sentem bem ingerindo carne, outras leite, outras glúten e assim por diante, por este motivo, não vamos discutir exceções e sim de uma maneira mais ampla e generalista.

É certo que nosso corpo precisa de proteínas de alto valor biológico para manter suas funções em um nível satisfatório de eficiência, e esse tipo de proteína é obtida através de alimentos de origem animal. Tudo bem se você, seja por motivos de saúde ou filosófico, não queira comer carne, porém, na minha opinião, seria importante incluir alimentos como ovos, por exemplo ou cuidar muito bem de uma suplementação adequada.

Nos mais de 30 anos de profissão, trabalhando em consultório, hospitais e empresas, posso dizer que já vi as mais variadas consequências da abstinência total de proteína animal, que incluem anemias, fragilidade de vasos, problemas na gengiva, enfraquecimento dos dentes entre outros.

Defendo o livre arbítrio e respeito as decisões individuais, mas também alerto para que estejam atentos aos sinais que seu corpo dá.

Como onívoros é muito importante para nós uma dieta variada, que inclua porções de todos os grupos de alimentos: proteínas, sais minerais e vitaminas, carboidratos e fibras.

As diferenças individuais devem ser consideradas e a dieta adaptada para suprir as necessidades e auxiliar na recuperação e/ou manutenção da saúde.

Os hábitos da vida “moderna” mudaram muitas características fisiológicas e anatômicas no nosso corpo e metabolismo, hoje em dia é quase impossível comer alimentos absolutamente “naturais” e totalmente isentos de algum tipo de aditivo, principalmente se você vive na cidade, porém podemos sim, através de algumas atitudes, incluindo as comportamentais, amenizar o efeito desses aditivos no nosso corpo e mente.

Como brasileiros na Holanda, certamente acabamos mudando um pouco nossos hábitos alimentares também e não há nada de errado nisso, desde que estejamos atentos às nossas necessidades individuais. Comer é um prazer físico e social e deve continuar sendo, ainda que você tenha necessidades especiais.

Podemos comer de tudo o que é diferente de comer qualquer coisa. Equilíbrio é a chave.

Elaine é nutricionista, especialista em Medicina Chinesa & Life Coach

Quer deixar sua sugestão de temas a serem tratados aqui? Contribua nos comentários.

Comentários

  • Marina
    16/08/2019 at 15:10

    Que interessante, Elaine. Acho que muita gente tem ido “na onda” de certas tendências e está esquecendo do equilíbrio. Informações muito úteis!

chat
Adicionar um comentário